jusbrasil.com.br
18 de Setembro de 2019

Servidor Federal ganha 60 dias de licença paternidade em Belém

O juiz federal Henrique Jorge Cruz considerou, na liminar, que a esposa do servidor, grávida de gêmeos, requer cuidados máximos devido quadro de saúde.

Fabio Fettuccia Cardoso Advocacia , Advogado
há 2 meses

www.cardo.adv.br

A Justiça Federal do Pará determinou concessão de licença-paternidade de 60 dias a servidor federal de Belém. A decisão do juiz federal Henrique Jorge Cruz, da 1º Vara, considerou, na liminar, que a esposa do servidor, grávida de gêmeos, requer cuidados máximos devido quadro de saúde, pois apresenta pré-eclâmpsia, diabetes gestacional e restrição de crescimento intrauterino.

Segundo a Justiça, o período de licença é três vezes superior ao previsto em lei, que garante apenas cinco dias, prorrogáveis por mais 15. No entanto, segundo o juiz, "as peculiaridades do caso".

O nascimento dos bebês está previsto para o próximo mês de agosto, segundo o funcionário público. Ele disse, no pedido à Justiça, que o parto pode ser prematuro e destacou o delicado estado de gravidez da esposa.

"As dificuldades com a paternidade de gêmeos ou múltiplos são muito maiores (...), ou seja, o trabalho e o tempo que serão gastos com os cuidados das crianças serão muito maiores", afirmou o funcionário.

    Fonte: G1.COM

    1 Comentário

    Faça um comentário construtivo para esse documento.

    Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)

    Parabens pelo discernimento nagistrado. continuar lendo